quinta-feira, 18 de setembro de 2008

Tudo é vaidade...

REFLEXÃO: Eclesiastes 1 e 2


Tudo é vaidade ....

Vivemos tempos difíceis, mas não diferentes de outros tempos. A fadiga da vida é de geração em geração. Quem tem muito, quem sabe muito ou quem não tem nada e sabe pouco, se afadigam da mesma forma, e terminam seus dias ! – “Como acontece ao estulto, assim me sucede a mim; por que, pois, busquei eu mais a sabedoria? Então, disse a mim mesmo que também isso era vaidade. Pois, tanto do sábio como do estulto, a memória não durará para sempre; pois, passados alguns dias, tudo cai no esquecimento. Ah! Morre o sábio, e da mesma sorte, o estulto!” Ec 2: 15-16

Em 1 Reis 3:9-13

Tudo que o rei Salomão pediu a Deus foi sabedoria e entendimento para julgar e conduzir o seu povo. E Deus se agradou do seu pedido, e mediante isto, concedeu-lhe uma larga experiência da sabedoria e do conhecimento de todas as coisas debaixo do sol (Ec 1:16), e o engrandeceu com glórias e riquezas, tudo em abundância, mais do que qualquer outro rei na face da terra. (Ec 2:4-9).

No entanto, Salomão conclui que tudo é vaidade. Tudo se resume em correr atrás do vento, pois nunca nos satisfazemos, estamos sempre a correr em busca de algo, e quando alcançamos passa-se rápido, e já nos vemos correndo novamente. É uma busca incansável, e insaciável. Queremos sempre “Ter”, quando o mais importante é o “Ser”, mas a sociedade nunca deu valor a isso, e ela está sempre a ditar regras para o homem, o ludibriar. Embora a sabedoria também é vaidade, ela é mais proveitosa, assim como a luz traz mais proveito que as trevas.

O criador do universo. O Deus da sabedoria nos impôs todo este labor para nos afligir, (Ec 1:13) com o intuito de que nos sentindo afligidos buscássemos á Ele e o agradasse, e agradando-o, recebêssemos dEle a recompensa da vida. Sabe, porém, que nada há melhor para o homem do que comer, beber e fazer que a sua alma goze o bem do seu trabalho. No entanto vi também que isto vem de Deus, pois, separado deste, quem pode comer ou quem pode alegrar-se ?­ Porque Deus dá sabedoria, conhecimento e prazer ao homem que lhe agrada; mas ao pecador dá trabalho, para que ele ajunte e amontõe, a fim de dar àquele que agrada a Deus. Também isto é vaidade e correr atrás do vento”.....Ec 2:24-26. Só há uma forma de não nos cansarmos tanto: é glorificarmos a Deus em todo o tempo e amá-lo de todo o nosso coração, alma e força, e não esperamos reconhecimento humano. Agrada-te do Senhor.

Tá cansado irmão, preocupe não, irmãos no mundo inteiro vivem os mesmos problemas, mas um dia não haverá lembranças do passado, será só festa, glória e aleluia junto ao Rei dos Reis, Yeshua Há Mashiach (Jesus o Messias) !

As coisas do pecado sempre sofrem mutações, e sabem por quê? Porque perecem, se degeneram, ficam velhas, e nós saimos como loucos correndo pelas novas. As coisas de Deus são estáveis; permanecem e duram para sempre. São eternas. Santificação, adoração, expiação, intercessão, justificação, e redenção. Para cada palavra dessa, Deus moveu uma ação, esperando uma reação do ser humano. E o sábio então questiona a natureza humana, em sua loucura de correr atrás do vento; em passar a vida buscando o que não tem, perdendo oportunidades de ouro de viver o presente com Jesus. Nós valorizamos tanto o que não temos, que perdemos completamente a capacidade de valorizar o que possuimos, e passamos a vida toda correndo atrás do vento..... (Pr. Dilson Bezerra)


Telma Devocional na Missão VER – Bhte - 26/10/05 – Glorifique a Deus pela vida e medite em Sl 19

Um comentário:

Alexa Guerra disse...

Parabens Telma! Seu blog está ótimo!
Obrigada por indicar o meu. Valeu!
Alexa.

Related Posts with Thumbnails