sábado, 17 de março de 2012

Deixe-me te lavar

Deixe-me lavar os teus pés,
tirar a poeira da estrada,
as crostas acumuladas,
os calos do tempo,
as feridas dos espinhos...

Deixe-me lavar os teus pés,
as sujeiras entre os dedos,
limpar até fazer brilhar suas unhas,
até que descanse em mim....

Deixe-me lavar os teus pés,
para que se desprenda do orgulho,
dos seus medos e preconceitos,
e aprenda mais de mim...

Deixe-me lavar os teus pés,
para que sinta meu amor por ti,
meu cuidado para não cair,
e do meu caminho não venha partir...

Deixe-me lavar os teus pés,
perfumá-los e ungí-los
para que vá e dê frutos
e eles permaneçam...

Se eu não te lavar, não terás parte comigo...
Se eu não lavar os teus pés, nunca conhecerá meu caminho...
Se eu não lavar teu coração, nunca compreenderá meu amor...
Se eu não lavar tua mente, nunca renovará seus pensamentos...
Se eu não lavar tua alma, nunca secará tuas feridas...
Se eu não lavar o teu corpo, nunca será curado...
Se eu não lavar teus olhos, nunca me verás ...
Se eu não lavar teus lábios, jamais me confessará...
Se eu não lavar tuas narinas, nunca sentirá meu perfume...
Se eu não lavar tuas mãos, nunca me tocará...
Se não tiveres parte comigo, e se insistires em permancer como está,
com seu coração endurecido, com sua arrogância e seu próprio entendimento,
nunca, jamais me conhecerás.

Senhor lava-me, não somente os pés, mas todo o meu corpo, purifica-me e ficarei limpa.
Quero me limpar nesta bacia de águas do teu amor,
ser tocada pelo teu poder e deixar cair as camadas grosseiras que cobrem meus sentimentos,
sentir que mesmo sendo eu a mais miserável, Tú Senhor me ama... O Senhor me ama....
Ninguém pode me amar como o Senhor me ama....
O universo não expressa tamanho amor...
Minha mãe, amigos, jamais poderão me dar este amor...
Amor que me completa, me aceita, e não me rejeita.
Meus pés cansados estão, Senhor...
Lave-os !!!

De que me adianta riquezas, fama, sucesso, conquistas, diplomas,
inteligência...tudo se desfaz no silêncio da terra.
Mas o teu amor...Ahhh o teu amor por mim!!!
Jamais vou compreender....só quero aceitar e me sentir amada,
e te amar Senhor...mesmo não tendo nada...toma o meu coração!

O teu amor me contrange,
me deixa envergonhada,
por tentar mas não conseguir te amar tanto assim,
como eu deveria,
por não fazer o bem como eu deveria,
por não perdoar como eu deveria,
por não brilhar  a tua luz como eu deveria...
Tudo que preciso, Senhor, é que me lave.

Eu quero Senhor e permito que lave meus pés e todo o meu ser. Eu te louvarei Senhor, nas minhas fraquezas, eu te louvarei, mesmo sem forças meu espírito te louvará...

"Disse-lhe Pedro: Nunca me lavarás os pés. Respondeu-lhe Jesus: Se eu te não lavar, não tens parte comigo" João 13:8

Um comentário:

António Jesus Batalha disse...

Tenho um blog que comecei agora, O Peregrino E Servo. Meu nome é António Batalha, passei e vi seu blog e gostei, quero deixar um convite: Gostava que fizesse parte de meus amigos virtuais no blog Peregrino e Servo, Isto é, se quizer. De volta retribuirei seguindo seu blog também, se desejar colucar meu banner no seu blog me avise. Obrigado.

Related Posts with Thumbnails